logo
Direitos reservados Hedflow - 2018 ©
Hedflow | Todas as acusações de sequestro e estupro contra o Decapitated foram retiradas
Cobertura de eventos, entrevistas, música, arte alternativa e cotidiano subversivo.
shows; entrevistas, resenhas; cobertura de eventos; festivais; assessoria de imprensa; fotos de shows; fotografia de evento; fotografia; produção de conteúdo; revisão de conteúdo; produção musical; música eletrônica; trilhas sonoras;
18868
post-template-default,single,single-post,postid-18868,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Todas as acusações de sequestro e estupro contra o Decapitated foram retiradas

As acusações contra a banda foram descartadas e um relatório postado recentemente no The Spokesman-Review revelou que a retirada – por enquanto sem prejuízos, pelo bem-estar da alegada vítima – não impede que a banda possa ainda ser chamada para esclarecimentos no futuro.

O grupo havia sido formalmente acusado por um suposto sequestro seguido de abuso sexual no dia 31 de agosto de 2017 em Spokane, Washington.

Foi alegado que eles teriam mantido uma fã no ônibus de turnê da banda contra a vontade dela. Desde então, os quatro integrantes do Decapitated têm negado, veementemente, as acusações.

Advogados de defesa questionaram a credibilidade da acusadora, já que em 2014 ela admitiu ter mentido para a polícia sobre ferimentos que sofreu durante um ataque, quando seu namorado foi acusado de esfaquear três pessoas. Na ocasião, foi constatado posteriormente que ela havia sido ferida pelo próprio namorado durante uma discussão anterior.

O caso iria a julgamento no dia 16 de janeiro. Agora, com as acusações rejeitadas, a banda em breve estará livre para regressar para casa, na Polônia.

 

Leia abaixo a declaração emitida no Facebook oficial da banda após o descarte das acusações.

 

“Todas as acusações contra o Decapitated foram formalmente descartadas. Presos no dia 8 de setembro em Santa Ana durante a turnê, os membros da banda ficaram detidos até dezembro, quando foram libertados por reconhecimentos próprios.

Novas provas surgiram e ajudaram a comprovar que a banda era inocente. Enquanto era aguardado um julgamento que daria ao grupo a oportunidade de ter toda essa evidência demonstrada, tal decisão foi recebida, e, agora estão todos ansiosos para retornar às suas casas na Polônia.

Os membros da Decapitated – Waclaw, Rafal, Michal e Hubert – enviam um sincero e cordial agradecimento a todos os que os apoiaram durante este momento difícil, incluindo fãs, amigos e familiares.”

 

Confira também nossa atualização do ocorrido:

Justiça retira as acusações contra a banda Decapitated

Atualização sobre o caso ocorrido com a banda polonesa de death metal Decapitated.

Posted by Hedflow on Monday, January 8, 2018

-

O que acha disso?